Qual o melhor andar para comprar um apartamento? Descubra!

About Us

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Aenean vulputate nisl arcu, non consequat risus vulputate sed. Nulla eu sapien condimentum nisi aliquet sodales non et diam. Duis blandit nunc semper rutrum congue. Phasellus sed lacus ut odio vehicula varius. Etiam iaculis feugiat tortor ac ornare.

Stay connected

Blog Post

Qual o melhor andar para comprar um apartamento? Descubra!
Dicas de imóveis

Qual o melhor andar para comprar um apartamento? Descubra! 

Após se planejar financeiramente e encontrar um condomínio bem-localizado e com uma excelente área de lazer, muitas pessoas fazem o mesmo questionamento: e agora, qual o melhor andar para comprar um apartamento? Afinal, tanto aqueles mais próximos do térreo quanto os mais distantes possuem vantagens e desvantagens dependendo do que você deseja para o conforto e a qualidade de vida da sua família.

Foi pensando em pôr fim a essa dúvida que reunimos alguns fatores importantes que devem ser levados em conta na sua decisão. Dessa forma, será mais fácil bater o martelo e ficar seguro quanto à sua escolha. Acompanhe!

Analise a vista

Para começar, analise a vista que você terá em diferentes andares. Se nos arredores do prédio há muitos edifícios e residências, por exemplo, pode não haver mudanças tão significativas no que é possível observar do seu futuro condomínio.

Agora, se o apartamento é localizado próximo a praças, parques, lagoas e rios, a paisagem local fará toda a diferença na sua decisão. O motivo disso é que quanto mais elevado for o andar, maior a será a visibilidade que você terá da região.

Daí é só fazer um pequeno exercício de imaginação: no futuro, quando você já estiver morando no seu novo lar, poderá passar vários minutos apreciando a vista espetacular que tem da sua varanda. Mas você também deve estar pensando algo como “E se eu escolher um apartamento nos primeiros andares? Qual será a minha vista?”

Por isso, saiba que se o seu prédio conta com uma área de lazer completa e com vários espaços ao ar livre, como jardins, playgrounds, quadras poliesportivas e piscinas, você terá uma visão privilegiada desses cantos. De quebra, ainda será mais fácil manter um olho nas crianças quando elas estiverem aproveitando todos esses ambientes.

Pense a respeito da privacidade

Outro ponto relevante é a privacidade que o imóvel terá — e não, não estamos falando dos seus vizinhos de condomínio. Na verdade, nos referimos à proximidade do prédio com outros edifícios do bairro. Isso porque se a altura entre eles for muito similar e a distância não muito grande é possível que da varanda da sua residência seja possível ver o que acontece nos apartamentos dos demais edifícios e vice-versa.

Dessa forma, você e a sua família têm a privacidade reduzida e acabam tendo que adotar medidas paliativas para cobrir as janelas e até a área da varanda, por exemplo, com o intuito de evitar os olhares de curiosos. Logo, andares mais altos podem ser uma boa solução para evitar esse tipo de problema.

Atente à ventilação

Paralelo às questões anteriores, também há outro ponto importante a ser avaliado: a ventilação do apartamento. Afinal de contas, quanto mais urbanizada é a cidade, maior será a quantidade de prédios (sejam eles residenciais ou empresariais).

Isso sem falar, é claro, nas demais construções verticais, como shopping centers, hospitais, faculdades, colégios, órgãos públicos e por aí vai. Tudo isso contribui para reduzir as correntes de ar diretas e deixar o que está mais próximo do solo com uma menor circulação de brisa.

Logo, quem escolhe morar nos andares mais altos pode sair ganhando por haver menos barreiras para o vento, o que deixará o imóvel naturalmente mais arejado ao longo do dia. Inclusive, essa é uma ótima escolha para cidades que são conhecidas por terem uma média de temperatura elevada durante o ano e, em especial, sofrerem com ondas de calor no verão.

Leve em conta a incidência de luz

O que falamos no tópico anterior sobre a presença significativa de edifícios e demais construções na cidade influencia não só na ventilação, mas também na iluminação natural que a sua residência terá.

Isso ocorre porque eles bloqueiam a incidência direta dos raios solares, fazendo com que algumas áreas fiquem com sombras e outras recebam luminosidade indireta. Portanto, é natural que os andares mais altos acabem tendo uma luminosidade maior, uma vez que há menos elementos ao redor dele desempenhando o papel de bloqueadores de luz.

Repare no nível de barulho externo

Um quinto aspecto que você deve observar para se decidir sobre qual o melhor andar para comprar um apartamento é o nível de ruído externo ao imóvel. Ou seja, aqueles sons e vozearias que vêm das ruas no entorno dele.

Afinal, quanto mais comércios abrirem na região, mais pontos de aglomeração de pessoas existirem (como feiras e centros de eventos) e mais estabelecimentos noturnos funcionarem no entorno do seu futuro lar (como bares e boates), naturalmente, maiores serão os barulhos que serão emitidos de dia e de noite.

Nesses casos, morar em um andar alto ajudará a reduzir possíveis incômodos quanto a essa questão. Agora, se o condomínio for localizado numa área mais residencial ou a movimentação ao redor dele for tranquila, sem o que apontamos há pouco, não fará muita diferença o andar escolhido.

Considere a facilidade de locomoção

Por fim, leve em conta a facilidade de locomoção dos andares, especialmente quando você tem crianças e idosos na família e ainda é tutor de animais de estimação. A razão disso é bem simples: imagine que os elevadores do condomínio estão em manutenção ou parados por conta de alguma questão técnica ou mesmo um reparo nas instalações.

Para chegar ao seu lar, será preciso subir as escadas, não é mesmo? Porém, se você mora nos últimos andares, isso pode se tornar um verdadeiro desafio. O mesmo vale para os pequenos e as pessoas de terceira idade que, naturalmente, vão se exaurir muito mais. Cachorros e gatos então, nem se fale!

Nesses casos, é interessante optar por um apartamento que fique entre os quatro primeiros andares, pois ele se adequará mais às necessidades da sua família em ocasiões como essas. Para completar, o imóvel ainda pode funcionar como um estímulo à vida saudável, visto que o hábito diário de subir e descer escadas melhora a capacidade respiratória, aumenta a circulação sanguínea, amplia a resistência física e ajuda a fortalecer a musculatura.

Como você viu, não existe uma única resposta quando o assunto é qual o melhor andar para comprar um apartamento. Na verdade, essa é uma decisão que deve ser feita por você ao levar em conta tudo o que dissemos ao longo do texto e, em especial, as preferências da sua família. Somente assim é possível definir em qual altura do condomínio todos ficarão 100% satisfeitos.

Gostou deste post? Pois não perca tempo e assine a nossa newsletter para conferir outros assuntos e dicas exclusivas para ajudá-lo a encontrar o apartamento ideal!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *