Muitas pessoas sonham em ter sua casa ou apartamento e, antes de realizar este sonho, acabam se deparando com a dificuldade em encontrar o melhor lugar para morar. Você tem que avaliar o tamanho, quantidade de cômodo, as reformas realizadas no imóvel, bem como o bairro onde está localizada a casa, uma vez que a região influencia muito no seu modo de vida, podendo proporcionar benefícios ou problemas.

Sendo assim, é muito importante, antes de qualquer coisa, analisar bem a região que pretende morar antes de alugar ou comprar um imóvel. Avalie primeiro o que você e sua família buscam, de acordo com suas expectativas, rotina e estilo de vida. A vizinhança também tem grande impacto na qualidade do local, portanto, procure conhecer a região e se informar quanto às proximidades e facilidades do local.

Quer saber o que levar em consideração na hora de escolher o melhor lugar para morar? Continue a leitura!

Conheça suas preferências

O primeiro passo de todo o processo é saber em qual tipo de lugar você prefere morar. Regiões mais movimentadas e com vida noturna agitada, grandes centros comerciais com muitas lojas para frequentar, locais mais calmos para se levar uma vida tranquila são algumas das opções. Escolha bem o que deseja para ver quais bairros se encaixam no seu perfil.

Atente aos principais deslocamentos

Depois de escolhido o tipo de lugar, veja qual deles é o que melhor atende à sua rotina. Por conta disso, fique atento aos deslocamentos que você precisa fazer durante a semana. Nos grandes centros urbanos, se deslocar de um espaço para o outro acaba sendo bastante estressante devido ao trânsito pesado.

Por conta disso, é muito importante considerar os seus deslocamentos mais frequentes e que soluções se enquadram na sua logística diária. Veja o trajeto de ida da sua casa até o trabalho, até a casa dos seus pais e familiares, até a escola dos seus filhos, dentre outros. Isto irá te ajudar até mesmo a encontrar um bairro que seja próximo a todos estes locais e que irá te atender melhor.

Verifique a infraestrutura

Algo que deve ser bastante analisado é a infraestrutura do bairro. Veja a disponibilidade de transporte público para aquele local. Mesmo que você não precise dele, outras pessoas podem precisar, como é o caso de empregados domésticos, visitantes e até mesmo prestadores de serviços.

Atente-se, também, à qualidade da iluminação pública, ao estado das vias de acesso e saneamento básico e se o abastecimento de água é adequado. Regiões que têm parques, áreas verdes, praças e jardins são consideradas com boa infraestrutura por influenciar positivamente na qualidade do ar, clima e embelezamento. Além disso, eles lugares oferecem alternativas de atividades e lazer ao ar livre.

Busque oportunidades de lazer e vida social

Um local que te permita engajar em lazer e contato com outras pessoas é um bom lugar para se viver. Como todos precisam de diversão, priorize durante a procura do seu bairro, uma região que tenha acesso fácil a shoppings, cinemas, clubes e parques de diversão para usufruir de bons momentos com sua família e amigos.

Conheça a vizinhança

Quando se vive em algum lugar, a vizinhança tem grande influência na qualidade de vida. Desta forma, tente conhecer bem os seus vizinhos, bem como os estabelecimentos próximos que você frequentará no seu dia a dia.

Observe as pessoas que moram ali, preste atenção aos ruídos emitidos pelos transportes e pelos estabelecimentos comerciais próximos ao imóvel que você pretende morar. De maneira geral, veja se a vizinhança está adequada ao seu estilo de vida.

Para você conhecer bem o bairro, caminhe pelas ruas, converse com as pessoas que moram ali, pergunte sobre como é o lugar. Uma boa conversa pode revelar muito mais características do lugar além do que é descrito pelo corretor.

Observe a qualidade das construções

As construções dispostas pelo seu bairro definem muito sobre a qualidade de vida daquela região e também fala muito sobre as pessoas que vivem ali. Por exemplo, um local onde as edificações são malconservadas costumam ter valor bem inferior do que regiões com fachadas bem cuidadas e jardins bem tratados.

Viver em lugares nos quais as construções não são muito boas pode ser bem desagradável, especialmente considerando-se a provável desvalorização da área.

Certifique-se sobre a segurança do local

O aspecto mais importante que deve ser observado na escolha de um bairro para morar é a segurança, uma vez que nos dias de hoje, ela é essencial. Valorize os locais onde que te oferecem segurança pública ou privada, dependendo da área.

Veja se os espaços públicos e de uso comum têm boa iluminação, se têm câmeras instaladas e, também, se a polícia faz vigilância ostensiva. Quanto mais segura sua vizinhança for, melhor será sua qualidade de vida ali.

Visite o bairro em horários variados

A forma como a vida se desenvolve em um espaço varia muito ao longo do dia, portanto faça visitas ao bairro em diferentes horários. Isso porque um lugar que é tranquilo de manhã pode ser bem agitado na parte da tarde e até mesmo durante a noite ou vice-versa.

Busque um lugar cuja a rotina diária, em todos os dias da semana, se assemelhe bastante ao seu estilo de vida. Isso evitará surpresas desagradáveis no futuro.

Por fim, é muito importante pesquisar sobre a reputação do bairro e os índices de criminalidade naquele local, pois este fator afeta, e muito, na questão da sua segurança. Bairros bons, em que não há ocorrência de crimes, são bem melhores para viver, circular livremente sem medo e se relacionar com a vizinhança.

Encontrar o melhor lugar para morar é uma das missões mais importantes da vida de uma pessoa e, agora que você já sabe os aspectos a serem considerados durante a escolha, é só colocar essas dicas em prática e procurar um excelente bairro para realizar o sonho de ter sua casa própria!

Gostou de aprender um pouco mais sobre como escolher o melhor lugar para morar? Está interessado em ver mais conteúdos como este? Então, assine a nossa newsletter e continue nos acompanhando!